Resenha: Batom Amora Matte, Avon

Oi, zente!
Hoje vim mostrar pra vocês um batom que estou tendo um caso de amor... o batom Amora Matte, da Avon! Se você me conhece faz pouco tempo, provavelmente não deve saber, mas eu tenho uma queda absurda por batons vinho. Chega até a ser ridículo, porque tem vezes que eu pego a mesma cor de batom de várias marcas diferentes (tô me tratando, juro). Quando vi o Amora Matte no catálogo, achei bonito, achei a minha cara, e resolvi comprar.


Sobre a cor, eu diria que é um dupe muito próximo ao batom Diva, da MAC, um vinho médio levemente puxado pro marrom, mas bem pouquinho mesmo. O que mais gosto nesse batom é que a aplicação dele é um sonho, o que não é característico de batons tão escuros, porque eles sempre tendem a ficar manchados. Com esse, é diferente, porque ele não mancha na-dinha e logo na primeira passada ele dá uma super pigmentação!

Meu primeiro swatch de lábios quase-decente!
O que você nota logo quando passa o batom é que ele tem uma textura mais sequinha do que outros batons de acabamento cremoso, mas não diria que ele é totalmente matte, e sim um acabamento semi-matte. Ou seja, não é uma tortura de passar, mas também não dura tanto quanto duraria um batom matte. Nada que um retoque ocasional não resolva, SEM CHORO! Tenho raiva de pessoas que ficam chorando por retoque de batom. Ele dura em média umas 3h na boca até começar a sair de leve, mas ele deixa uma mancha bonita á medida que vai saindo, o que é RARO em batons desse tom.

Resumindo? Virou meu vinho favorito, ganhando até do Prince Noir da MAC.
Eu paguei R$10 na época, mas esse batom é encontrado por R$15-20 em qualquer revista Avon.
A marca não é cruelty-free.

E aí, gostaram? Espero muuuito que sim! Me digam nos comentários: qual é a cor que você sempre compra sem perceber, mesmo tendo várias do mesmo tom ou estilo?
Bêzo!
Share on Google Plus

About Rubia (lubbyh)

Dona e fundadora deste blogusho, sou doida por gatos, alérgica a amendoim e leite (tutorial de como me matar se você me odeia)!

0 comentários:

Artes e desenvolvimento por Rubia Del Vecchio. Tecnologia do Blogger.